O Diaconato - Atos 6.1-7


O DIACONATO
           Jesus estava no povoado de Betânia, sentado à mesa na casa de Simão, o Leproso. Então uma mulher chegou com um frasco feito de alabastro, cheio de perfume de nardo puro, muito caro. Ela quebrou o gargalo do frasco e derramou o perfume na cabeça de Jesus. Alguns que estavam ali ficaram zangados e disseram uns aos outros: — Que desperdício! Esse perfume poderia ter sido vendido por mais de trezentas moedas de prata, que poderiam ser dadas aos pobres. Eles criticavam a mulher com dureza, mas Jesus disse: — Deixem esta mulher em paz! Por que é que vocês a estão aborrecendo? Ela fez para mim uma coisa muito boa. Pois os pobres estarão sempre com vocês, e, em qualquer ocasião que vocês quiserem, poderão ajudá-los” (Mc 14.3-7 Bíblia na Linguagem de Hoje). A fala de Jesus, no versículo 7, pode ser uma profecia, mas também pode ser uma constatação: “os pobres estarão sempre com vocês”. No primeiro caso não há o que fazer. Haverá sempre pobre. Mas no segundo caso, a responsabilidade cai sobre nós.
                Atos 6.1-7 menciona o crescimento da igreja e a murmuração de alguns porque viúvas não estavam recebendo ajuda. Diz ainda que os apóstolos resolveram fazer uma convocação para a eleição de diáconos que ficariam responsáveis pelo serviço de assistência.
                A Igreja Presbiteriana elege diácono para, dentre outras atribuições, cuidarem dos necessitados. O que ajudaria os diáconos a desenvolver bem o seu trabalho?   Li um texto que falava sobre a necessidade de fazermos circular os bens de Deus. Fiquei pensando: muitos enfermos não podem comprar seus remédios; pessoas não estão estudando porque lhes falta recursos; muitas e muitas pessoas não conseguirão comprar uma casa própria. Não quero com isso entristecer ninguém, mas levar a uma reflexão sobre o que estamos fazendo com os bens que o Senhor tem colocado à nossa disposição. Se aplicássemos aquilo que recebemos de Deus segundo os parâmetros do Evangelho, a junta diaconal poderia trabalhar mais e melhor, tendo mais recursos disponíveis para atender aos necessitados.
 Rev. Mário Lopes

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Vai Brasil!

Presidentes do SC - IPB (Todos)