Dia Nacional do Adolescente [ DNA ]


 O ADOLESCENTE E A FAMÍLIA
Lucas 2.41-44
            “Quem tem, sabe o que significa ter família”. Ouvi esta frase da boca de um apresentador que não recomendo. E agradeço a Deus porque em meio a tantas palavras mal ditas, surge alguma que pode ser considerada bendita.
            Lucas 2.41-44 menciona a família de José, à qual pertencia Jesus, que crescia e se fortalecia, enchendo-se de sabedoria; e a graça de Deus estava sobre ele (Lc 2.40). Depois de, em obediência à lei, apresentar a Deus Jesus, que era o primogênito e estava com 12 anos, a família regressava para casa. Mas deram falta dele e voltaram para procurá-lo.
            Em meio aos inúmeros questionamentos próprios a um adolescente, é necessário que ele esteja convencido de que a família é um bem importante. Muitos querem deixar suas casas porque sonham que distantes delas poderão encontrar mais alegria e satisfação. Alguns acabam perdidos, sem rumo e sem direção. Cabe aqui lembrar que os pais que construíram um relacionamento saudável com seus filhos terão resultados diferentes daqueles que os deixaram de lado.
            Sabemos que Jesus foi levado a cumprir a lei e os costumes da família, tais como participar das festas, ser circuncidado e apresentado a Deus como primeiro filho. Havia preocupação dos pais em relação a Jesus. Como os pais estão tratando os filhos hoje? Filhos que ainda não são adolescentes, não pularão esta etapa. Contudo, ela não precisa ser tão difícil.  Ao invés de rebeldia, poderão ter um comportamento mais tranquilo, serem amáveis, compromissados com Deus. Mas, para isso, é necessário que os pais estejam atentos em observar em que caminho estão ensinando a criança a andar.
                        Rev. Mário Lopes

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Vai Brasil!

Presidentes do SC - IPB (Todos)