Postagens

Mostrando postagens de Julho, 2013

A GRANDE COMISSÃO DO SALVADOR

A GRANDE COMISSÃO DO SALVADOR “Ide, portanto, fazei discípulos de todas as nações, batizando-os em nome do Pai, e do Filho, e do Espírito Santo.”
            Jesus voltou ao céu, mas antes enviou seus discípulos ao mundo. Como o Pai havia enviado a Jesus, agora, Jesus envia seus discípulos. Todo aquele que foi alcançado pelo evangelho, deve ser um portador do evangelho. O propósito de Jesus é o evangelho todo, para toda a igreja, a toda a criatura, em todo o mundo. O método de Deus é a Igreja. Uma igreja que não evangeliza, precisa ser evangelizada. A igreja é um corpo missionário, ou um campo missionário. A tarefa da igreja é desinstalar-se e, na dinâmica da sua caminhada, fazer discípulos.             Jesus não precisa de admiradores e fãs; ele quer discípulos, Jesus não se impressiona com multidões; ele quer discípulos. Aqueles que creem precisam ser integrados na igreja por meio do batismo em nome do Pai, e do Filho, e do Espírito Santo. O batismo não salva, mas é testemunho da salv…

A ALIANÇA E A DEDICAÇÃO

Imagem
A ALIANÇA E A DEDICAÇÃO Deuteronômio 29 Movimentos sem entendimento sempre existiram. Hoje vemos uma religião preocupada com o crescimento numérico da membresia. O que devia acontecer não acontece! Deus deveria ser anunciado como único Deus e as pessoas deveriam estar preocupadas em fazer a vontade do Senhor. Em Deuteronômio 29 vemos Moisés falando ao povo de Israel, considerando a renovação, na terra de Moabe, da aliança já firmada no Sinai. O povo é lembrado sobre o que Deus fizera no Egito e dos grandes sinais e maravilhas que realizou. Moisés fala ainda que Deus não permitiu que o povo entendesse sobre o que aconteceu, o coração do povo permaneceu endurecido. Mas chegara o momento de saber sobre a aliança que Deus desejou manter com o seu povo. Nesta aliança, Deus continuará cuidando do povo e provendo suas necessidades. Fatores importantes: a) A providência de Deus. Confiar que Deus estaria provendo era necessário. Deus, que chama seu povo para a aliança, já havia demonstrado o seu po…

A JUSTIFICAÇÃO

Imagem
Romanos 5.1-11 Penso que toda inquietação da humanidade pode ser explicada a partir do primeiro versículo do texto acima. Enquanto o homem estiver longe de Deus, inimigo do Senhor, não haverá tranquilidade. Romanos 5.1-11 trata da justificação experimentada por quem passa a crer em Jesus e do desdobramento desta graça na vida do pecador. Aprender sobre a justificação ajudará a entender que todo um trabalho foi feito para que o homem não permanecesse longe do Senhor. Jesus assumiu a forma humana e, colocando-se no lugar do pecador, satisfez a justiça de Deus. O homem deveria ser condenado pelos seus pecados, mas em seu lugar, Jesus aceitou o castigo. Agora, perdoados os pecados, as pessoas são aceitas como justas. Podemos relacionar com a justificação: Amizade. A primeira coisa de que o homem precisa é ser amigo de Deus. Sendo amigo de Deus, pode, então, esperar o que passamos a considerar a partir do próximo parágrafo. Paz. A paz que o mundo conhece está relacionada com o intervalo entre du…

Desperta Débora! Já orou pelo seu filho hoje ?

Imagem
Ninguém ora por um filho como uma Mãe. Imagine milhares de mães orando juntas! Quem são as Déboras São mães intercessoras, biológicas, adotivas ou espirituais, de qualquer denominação, comprometidas a orar diariamente por seus filhos e pela juventude brasileira, por no mínimo, 15 minutos diários.
Hoje já são mais de 40000 mães cadastradas em todo território brasileiro e vários países. A liderança do Desperta Débora é composta por mais de 1500 coordenadoras locais e regionais.
Como surgiu este movimento Desperta Débora nasceu no coração de Deus, que tocou o Pastor Rev. Jeremias Pereira da Silva (8ª Igreja Presbiteriana de Belo Horizonte) por ocasião da Consulta Global sobre Evangelização Mundial, em Maio de 1995 em Seul, na Coréia.
Um dos pontos altos desse encontro foi a consagração dos primeiros 100.000 jovens para a obra missionária. Durante esta consagração fez-se moção de gratidão às mães que oraram para que esse sonho se tornasse realidade. Tal fato fez nascer no co…

A Vocação eficaz

Imagem
Na cidade de Filipos, reunidos junto ao rio, realizavam os discípulos do Senhor uma reunião de oração. Várias mulheres escutavam a palavra que era pregada, mas o Senhor abriu o coração de uma – Lídia - para “atender às coisas que Paulo dizia” (Atos 16.11-15). A Bíblia de Genebra diz sobre esta parte da Bíblia que “iluminação e persuasão divinas são necessárias para que o coração cego pelo pecado responda ao evangelho”. A revelação de Deus sempre se fez presente, seja a revelação natural, seja a revelação especial. Entendemos, então, porque alguns ouvem e se interessam pelo Senhor e outros não dão crédito, quando paramos para pensar sobre o ensino da vocação eficaz.                 O texto de Atos 13.44-49 apresenta a fala dos apóstolos Paulo e Barnabé, que diziam aos judeus que primeiro a palavra deveria ser pregada a eles, mas, porque houve rejeição, a palavra foi então dirigida aos gentios. O texto fala, ainda, que os gentios que creram não creram por vontade própria. …