domingo, 22 de outubro de 2017

O que vemos?



O QUE VEMOS?
Números 13.25-33

            Algumas pessoas sofrem do que quero chamar de “distorção da realidade”. A conclusão delas nem sempre traduz o que a coisa é realmente. Aceitam com naturalidade o que outros abominam e propagam uma mensagem distorcida devido à leitura mal feita. Fantasmas não existem, mas há quem garanta que viu o que ninguém mais vê. Pode ser uma forma de fuga ou um comportamento exagerado e covarde.

quinta-feira, 12 de outubro de 2017

Aprender a aprender



APRENDER E APREENDER

Disse o Senhor:Estas palavras que, hoje, te ordeno estarão no teu coração; tu as inculcarás a teus filhos, e delas falarás assentado em tua casa, e andando pelo caminho, e ao deitar-te, e ao levantar-te” (Dt 6.6-7).

            Hoje, mais do que nunca, ensinar é um desafio gigantesco. O que parecia padronizado está muito variado; o que parecia absoluto ficou relativizado; o que era imoralidade é tratado como arte. O erro encontra aprovação quando justificado por argumentos que, na melhor das hipóteses, seria uma explicação. Onde encontrar apoio para um ensino sadio, que começa no lar? Em meio a tanta confusão, em que se basear?

sexta-feira, 6 de outubro de 2017

Lançai as Redes



 LANÇAI AS REDES
Lucas 5.1-11

            A palavra mais pronunciada hoje ainda continua sendo a palavra crise. Crise na política, crise institucional, crise religiosa, crise na família. A crise é só a ponta do “iceberg”, pois o problema é muito maior e mais profundo. A raiz de toda essa situação é o pecado. E onde encontrar a solução? Olhando para baixo ou para cima? Se ocupando somente com as coisas deste mundo ou com mais alguma coisa?