A MÃE DO SALVADOR

“Mas o anjo lhe disse: Maria, não temas, porque achaste graça diante de Deus.”
Lc 1.30

            Maria era uma jovem pobre, da pobre cidade de Nazaré, porém encontrou graça diante de Deus e foi escolhida para ser a mãe do Salvador. Deus enviou a ela o anjo Gabriel desde o céu. Este surpreendeu, trazendo-lhe das alturas a boa notícia de que desceria sobre ela o Espírito Santo e o poder do Altíssimo a envolveria com sua sombra, e ela conceberia e daria à luz a Jesus, o Filho do Altíssimo, o Salvador do mundo, o herdeiro do trono de Davi, aquele que reinaria para sempre e cujo reinado não teria fim.
            Maria coloca-se à disposição do Senhor, como serva de Deus, para fazer sua vontade, convicta de que para Deus não há impossíveis em todas as suas promessas. Essa mulher piedosa, humilde e corajosa carregou no ventre o Verbo de Deus, o criador do universo, o Salvador do mundo. Maria foi chamada por sua prima Isabel de bendita entre todas as mulheres e bem-aventurada por todas as gerações. Maria constitui-se num grande exemplo, para todas as gerações, por sua pronta disposição de obedecer a Deus, mesmo sabendo dos desafios e riscos que teria pela frente.

Extraído do Cada dia Natal

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Vai Brasil!

Presidentes do SC - IPB (Todos)

Dia do Diácono