Pastoral 24.06.2012



O CRESCIMENTO DA IGREJA
Atos 4.1-4; 5.12-16

            Não era fácil aceitar a mensagem da igreja Cristã. Como Paulo uma vez declarou, ela “é ofensa para os judeus e loucura para os não-judeus”. Mas aquela era a única mensagem que a igreja tinha, e que era detestável para o homem natural. É espantoso que a igreja tenha crescido, apesar de tudo. Mas ela cresceu.
            O trabalho consiste daquele trabalho “paralelo” ou “marginal” realizado de forma invisível e que é revelado ao leitor da Bíblia: “E cada dia o Senhor juntava... as pessoas que iam sendo salvas.” Foi assim que ela cresceu. Ele deu crescimento. Foi pelo toque do seu Espírito e por seu poder agindo através de sua Palavra. Nem o mais convincente vendedor deste mundo pode acrescentar alguém a uma igreja.
            Ninguém jamais se filiará realmente a uma igreja sem que Cristo o coloque ali. O fato de que é o Senhor quem acrescenta os novos membros à igreja nos desperta e anima. Não temos que nos preocupar com o crescimento numérico. Ele dá o crescimento. Isto não depende do nosso talento. Depende somente da graça e poder de Cristo através do Espírito e por meio do uso da Palavra.
            Nosso papel é ser fiel, orar, testemunhar e falar do Evangelho. O resto é com Ele.

Cada Dia – Agosto de 2009

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Vai Brasil!

Presidentes do SC - IPB (Todos)