Pastoral 18.11.2012


O MELHOR É....
Eclesiastes 7.1-2

O modo como funciona a sociedade não nos ajuda nas escolhas que fazemos. A nossa forma de viver acaba sendo influenciada pelo modo como as pessoas do mundo agem. Acabamos defendendo os mesmos valores e tendo as mesmas preferências.
O crente deve ser orientado pela palavra de Deus. Na prática do dia-a-dia, percebemos quão grande é a diferença entre as ações do mundo e o que ensinam as Escrituras.
O texto de Eclesiastes 7.1-2 fala do que é melhor, mas continuamos a fazer o contrário do ensino bíblico. Na visão do autor de Eclesiastes é melhor a boa fama do que o perfume; o dia da morte do que o dia do nascimento; ir a casa onde há luto do que ir a casa onde há banquete.
A Bíblia de Shedd explica que a boa fama baseia-se em fato; o perfume é só aparência.
O dia da morte pode ser considerado melhor que o dia do nascimento porque quando morremos partimos para o encontro com Deus.
A casa onde há luto se torna melhor porque permite reflexões que a festa não permite;  lá encontraremos pessoas necessitadas de consolação, o que acaba gerando uma oportunidade para a evangelização.
Mudaremos nossas preferências ou continuaremos a fazer o que o mundo faz?
Não podemos esquecer que somos a igreja de Cristo e não um clube ou um grupo que se reúne tão somente para fins religiosos. Se a Bíblia diz que o melhor é o que ela apresenta como melhor, não nos resta outra coisa senão aceitar e nos orientar pelos valores defendidos nas Sagradas Escrituras.

Rev. Mário Lopes

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Presidentes do SC - IPB (Todos)

Dia do Diácono

Agenda